fbpx

Alopécia feminina: o que é, causas e tratamento?

O que é a alopécia  feminina?

Comummente conhecida como calvície, a alopécia feminina designa-se pela perda progressiva de cabelo e afeta cerca de 40% das mulheres com mais de 50 anos. Contudo, esta condição pode ocorrer em diferentes idades e com gravidade variável, desde o aparecimento de folículos capilares mais finos e curtos até à queda total de cabelo. Com efeito, importa perceber exatamente o que é a alopecia, quais são as suas causas e que tratamentos existem para debelar os seus efeitos.

Outros tipos de alopécia:

  • Alopécia  areata: perda localizada de cabelo.

  • Alopécia  totalis: queda total de cabelo exclusivamente na cabeça.

  • Alopécia  universalis: perda total de cabelo, incluindo sobrancelhas e pestanas.

  • Alopécia  difusa: densidade reduzida de cabelo, mas sem queda.

  • Alopécia  cicatricial: substituição dos folículos pilossebáceos por tecido cicatricial, significando que os cabelos não voltam a crescer.

Causas para a calvície feminina

As alterações hormonais são a principal causa de queda de cabelo e podem ocorrer devido a um aumento da sensibilidade dos folículos pilosos à Dihidrotestosterona, stress excessivo ou pelo efeito da menopausa. A idade, dietas inadequadas, a anemia, fatores genéticos e alguns medicamentos são também fatores  que podem despoletar algum tipo de alopecia feminina.

Os danos nos folículos pilosos resultantes de penteados apertados e uso de produtos químicos muito agressivos são outra causa de queda de cabelo. Os folículos pilosos são as estruturas da pele que produzem os fios capilares e, por isso, as práticas violentas supracitadas podem influenciar negativamente o crescimento do cabelo.

Tratamento para a queda de cabelo feminino

Por norma, os fios que caem não voltam a crescer e, assim, os tratamentos visam principalmente estancar o processo de queda de cabelo feminino. Os casos mais graves de alopécia  exigem um transplante capilar. Neste processo, os folículos capilares saudáveis são retirados de áreas doadoras e transplantados nos locais afetados (normalmente, o couro cabeludo). Um transplante capilar bem-sucedido resulta numa melhoria estética assinalável.

Os diagnósticos menos severos de alopécia  podem ser tratados de outras formas. Os medicamentos de uso tópico ou oral podem ajudar no crescimento do cabelo ou contribuir para cessar a queda. A terapia a laser de baixa intensidade e a injeção de anti-androgénicos  são também formas de estimular o crescimento de fios de cabelo e podem ser utilizadas como tratamento, dependendo do grau de alopécia .

Tags :
Queda de Cabelo

Artigos Relacionados

Precisa de ajuda?